Poesia

Corujão da Poesia [Recomendação] – Rio de Janeiro/RJ

4 de outubro de 2016 0 Comments
Saiba mais

Corujão da Leitura [Recomendação] – Rio de Janeiro/RJ

27 de setembro de 2016 0 Comments
Saiba mais

Sarau da Justiça [Recomendação] – Rio de Janeiro/RJ

21 de setembro de 2016 0 Comments
Saiba mais

Corujão da Poesia [Recomendação] – Rio de Janeiro/RJ

20 de setembro de 2016 0 Comments
Saiba mais

Apostas Certas

11 de setembro de 2014 0 Comments
por William Douglas
11.09.2014, 9h

Meus filhos são minha melhor aposta.

Eles são meus embaixadores no futuro, levando-me a

tempos em que eu mesmo não estarei aqui.

Levarão meu DNA, minha história, levarão tudo que eu puder incutir neles.

São meus mísseis intertemporais para explodir um novo tempo,

meus foguetes astronáuticos capazes de cruzar a dobra do tempo,

meus exploradores do amanhã, levando minha bandeira às novas luas.

Porém, são todos melhores do que eu. E terão suas próprias histórias.

E talvez bandeiras além das que lhes apresento. Eles escolherão algumas,

e de serem assim, parte eu, parte eles, parte a mãe, seremos um time invadindo

o tempo, a história da nossa cidade, do país, do planeta e das explorações galácticas.

Hoje sou luz e eles ignição, hoje ficam à minha sombra enquanto crescem,

mas em breve eu serei sombra e eles, luz; eu,  o passado, eles,  o presente,

e quando for assim meus netos serão o novo futuro: os próximos passos.

Meus filhos se melhoram, pois dou mais do que tive, assim como sei que

de meus pais tive mais do que eles mesmos puderam ter.

E vamos levando de geração em geração uma tocha cada vez mais firme.

A pé, ônibus, carro, helicóptero, teletransporte: estamos evoluindo.

Meus pais me recomendaram  segurança, eu recomendo a revolução.

Meus pais me deram suas histórias, eu somo as minhas e entrego mais pretensões ainda.

Por isso sobrevivemos aos dinossauros:

humanos somam aprendizados e histórias, amores e planos.

E, se não bastasse, há a mãe a lhes fornecer sua verve, brio, sonhos e costumes,

E, mais ainda, há Deus, no fundo estabelecendo a fórmula perfeita que

conjuga seu Todo-Poder e controle das coisas com as escolhas que nós dá.

Somos a fórmula atômica da eleição divina e da eleição humana.

Nossos filhos são a fórmula atômica de tudo que somos com tudo que são,

Mas a eles pertence o futuro, então deles é a fórmula mais rica e poderosa.

E, por serem tudo que recebi e sou, tudo que recebeu e é a mãe,

Por serem tudo que Deus quer e planeja, e Deus tem planos bons,

e ainda por serem tudo que são eles mesmos, e por portarem

a semente de seus próprios filhos, os filhos que irão gerar,

não há como negar que são minhas melhores aposta, face e expressão,

são meu melhor projeto  posto que é projeto que vai muito além de mim,

meus filhos são a certeza de que um dia o universo será um lugar bom,

 apenas o quintal de nossas casas, um quintal com paz e justiça,

um quintal com amor.

E, descoberta a fórmula secreta, quântica e há séculos buscada,

todos, inclusive eu, a amada, os pais e amigos, todos estaremos juntos:

um dia haverá uma mesa sobre as estrelas nos reunindo a todos.

Até que este dia venha, porém, já quero meus filhos perto.

Vamos fazer valer o dia. Cada dia conta,

cada dia é sua própria paga.

Carta Derradeira de um Jovem Suicida

8 de setembro de 2014 0 Comments

por William Douglas Por favor, não me tenham como covarde Renato Russo já dizia: “Para, pára o mundo que eu quero descer” Eu só desci….

Saiba mais

Nas alturas

11 de agosto de 2014 0 Comments
por William Douglas

Amor, 

Voltando de viagem a trabalho, 

Vim a jato para te ver. (mais…)

O Acolhimento

19 de julho de 2008 0 Comments

por William Douglas Niterói 19.7.2008, 5:50h Este é o caminho da flor, da abelha e do rio. É para ser lido sem pressa, sem o.

Saiba mais

Agradecimentos

8 de janeiro de 2008 0 Comments

por William Douglas Agradeço àquelas que amei e que me rejeitaram, pois fizeram-me compreender a face dolorosa da paixão, e agradeço às que me amaram,.

Saiba mais

A Solidão do Poeta

7 de janeiro de 2008 0 Comments

por William Douglas Ninguém pode entender a poesia,     Por mais bela ou mais cristalina que seja,     Só o poeta pode entender a poesia. Ninguém pode.

Saiba mais

(Ainda) uma (outra) nota do autor

7 de janeiro de 2008 0 Comments

por William Douglas Eu mesmo não gosto de ler todos os poemas de amor um após do outro, nem os poemas sobre qualquer tema agrupados..

Saiba mais