O ridículo exponenciado

por William Douglas

Caros amigos,

Após o governo dizer isso, agora aparece um estudo dizendo que a Operação Lava Jato terá impacto de 140 bilhões na economia. Sério?

Então não é a corrupção e a ladroagem que impactam a economia? Então, o que impacta é combater a rapinagem?

Sinceramente, eu deploro, eu tenho nojo, eu repudio veementemente esse esforço para descredenciar seja o juiz, seja o MPF, seja a Polícia Federal, seja a operação em si. 

Mexeu com o Moro, mexeu comigo.

Falou que combater a roubalheira atrapalha a economia, mexeu comigo também.

Espero que aqueles que ousam criticar a investigação da criminalidade dourada que drena os recursos do país façam outras contas também.

Espero que somem quanto dinheiro perdemos com a incompetência de gestores nomeados não por critérios técnicos, mas políticos; espero que somem quanto dinheiro do Tesouro foi para o BNDES emprestar para governos de esquerda mundo afora; quanto perdemos com Premium I e II, com Pasadena, com Abreu Lima, com o Comperj; quanto dinheiro do povo está nos paraísos fiscais; quanto dinheiro público irrigou campanhas eleitorais; quanto dinheiro público desperdiçamos com uma Copa que custou pelo menos 3 vezes mais do que devia; quantos benefícios sociais foram dados para quem não merecia, mas que eleitoralmente “valia a pena!”, espero que contem quanto dinheiro público foi doado a sindicalistas alinhados ao governo, ao MST (grupo terrorista que invade propriedade produtivas e destrói anos de pesquisa), quanto dinheiro foi gasto com blogs que defendem o governo, com artistas que se alinham ao governo, quanto gastamos com ministérios, cartões corporativos e viagens compatíveis com a nobreza da época da revolução francesa. Espero que incluam o quanto enriqueceram parentes e amigos cuja habilidade empreendedora só surgiu quando o PT assumiu o poder; espero que contem também tudo o que fundos de pensão desperdiçaram, assim como somem os custos de, por motivos eleitoreiros, se manter artificialmente baixos os preços da gasolina e da energia elétrica.

Enfim, espero que façam as contas antes de dizer que combater a corrupção dá prejuízo. Esta é a mais total e perversa inversão de valores que se pode imaginar. Então, agora, o que atrapalha o país é combater a corrupção?! Sinceramente, penso que nunca antes na história desse país foram tão longe na defesa da impunidade.