Filmografia

por William Douglas

Esta é a lista de alguns dos filmes mais populares e aclamados pela crítica, inspirados em esportes e estudos.

  1. The endless Summer (1966), com Mike Hynson e Robert August. Diretor: Bruce Brown – Primeiro belo filme sobre surfe. Um grupo de três jovens surfistas – Bruce Brown, Robert August e Mike Henson – decidem procurar a onda perfeita, percorrendo as mais exóticas e populares praias do mundo. Em meio a belíssimas paisagens e ondas gigantescas, os três irão passar por experiências decisivas em suas vidas. O filme é, na verdade, um documentário verídico dirigido pelo próprio Brown, que já havia realizado outros filmes sobre surfe anteriormente.
  2. Brian’s Song (1971), com James Caan, Billy Dee Williams e Jack Warden. Diretor: Buzz Kulik. O filme se baseia na amizade na vida real de Brian Piccolo e Gale Sayers, colegas do mesmo time profissional de futebol americano, e o vínculo criado entre os dois quando Piccolo estava morrendo de câncer.
  3. A Última Batalha de um Jogador (1973), com Michael Moriarity e Robert De Niro.  Diretor: John D. Hancock. O principal arremessador de um time profissional de beisebol de Nova York está determinado a tornar a temporada inesquecível para seu grande amigo, o excêntrico receptor da equipe, que descobriu ser um doente terminal.
  4. The Bingo Long Traveling All-Stars and Motor Kings (1976), com Billy Dee Williams, James Earl Jones e Richard Pryor. Diretor: John Badham. Ambientado no final dos anos 30, durante o período de decadência da Liga de Beisebol Negra, o filme mostra como Bingo Long, o carismático líder da equipe, leva seu time de jogadores afro-americanos para uma excursão pelo país.
  5. Correndo pela Vitória (1979), com Dennis Quaid. Diretor: Peter Yates. Um jovem de Indiana, apaixonado por corrida de bicicletas, pela equipe de corredores Cinzano da Itália e por tudo que é italiano, reúne três amigos para competir com alunos da Universidade de Indiana em uma corrida anual de bicicletas.
  6. Campeão (1979), com John Voight e Faye Dunaway. Diretor: Franco Zefirelli. A história de um conflito entre pai, mãe e filho. Um drama que pode afetar, definitivamente, seu conceito de vida e amor. Tudo em torno de uma polêmica judicial, pela custódia de um lindo garoto.
  7. Touro Indomável (1980), com Robert de Niro. Diretor: Martin Scorcese. Sobre a vida do pugilista Jake La Motta. Biografia do campeão peso-médio Jake LaMotta (Robert De Niro), que viu sua carreira definhar devido a seu comportamento temperamental e auto-destrutivo. O melhor filme sobre boxe já realizado.
  8. Carruagens de Fogo (1981), com Ben Cross. Diretor: Hugh Hudson. Sobre os Jogos Olímpicos de 1924. Baseado em fatos reais, o filme conta a história de dois atletas britânicos nas Olimpíadas de 1924. Um deles é um devoto missionário escocês, que corre em nome de Deus, enquanto o outro é um estudante judeu que corre para alcançar a fama e para fugir do preconceito. A produção enfatiza o lado emocional dos esportistas, em seus desejos e aflições.
  9. A Força de um Campeão (1983), com Robert Duvall. Diretor: Ralph Thomas. Mesmo tendo uma de suas pernas amputadas, jovem rapaz de 18 anos quer vencer um desafio: atravessar o Canadá correndo para levantar fundos e ajudar na luta contra o câncer. Baseado em fatos reais.
  10. Momentos Decisivos (1986), com Gene Hackman e Dennis Hopper. Diretor: David Anspaugh. Baseado na história real de um time de basquete de colégio de uma cidadezinha de Indiana que conseguiu chegar às finais do campeonato estadual em 1954, esse filme retrata Hackman como um técnico de mentalidade independente que se alia ao bêbado da cidade para levar o time à vitória.
  11. O preço de um Campeão (1991), com Edward James Olmos. Diretor: Robert M Young. Olheiro de time de beisebol descobre possível talento em cidadezinha do interior. Mas entra em conflito com os dirigentes, que pretendem lançá-lo bombasticamente, ato que poderia queimar a carreira do estreante.
  12. Lances Inocentes (1993), com Joe Mantegna. Diretor: Steven Zaillian. Menino de 7 anos apresenta talento extraordinário para o xadrez. Seu pai, um cronista esportivo, começa a inscrevê-lo em torneios, nos quais é tido como uma revelação. A busca pelo sucesso ameaça tornar-se obsessiva, mas pai e filho têm uma rara oportunidade de reavaliar sua relação.
  13. Jerry Maguire (1996), com Tom Cruise. Diretor: Cameron Crowe. Agente esportivo ambicioso que trabalha em grande companhia sugere um novo tratamento, mais humano, para os atletas-clientes, e é demitido. Começa do zero, com um único cliente: um reserva que se acredita craque e quer tratamento vip.
  14. Tiger Woods (1998), com Keith David. Diretor: LeVar Burton. A vida e a carreira de  Tiger Woods que, mesmo sendo negro e pobre, conseguiu vencer o preconceito para tornar-se um campeão no disputado, e elitista, circuito do golfe profissional.
  15. Prova de Fogo (1998), com Donald Sutherland. Diretor: Robert Towne. Billy Crudup vive Steve Prefontaine ou “Pre”, um corredor da Universidade de Oregon nos anos 1960 e principal corredor norte-americano às vésperas das Olimpíadas de Munique em 1972. Morreu em um acidente automobilístico aos 24 anos de idade.
  16. Marcação Cerrada (1999), com Jon Voight. Diretor: Brian Robbins. Jonathan Moxon é um fanático por futebol americano que joga como reserva no time de sua escola. Sua grande oportunidade surge quando o grande astro da equipe, o “quarterback” Lance Harbor, se machuca durante uma partida. Depois de mostrar seus talentos nas quadras, o atleta é promovido a titular, e em pouco tempo torna-se um ídolo em sua cidade. Enquanto seu sonho começa a virar realidade, no entanto, vários problemas pessoais surgem em sua vida, envolvendo, sobretudo, sua dificuldade em lidar com a fama.
  17. Encontrando Forrester (2000), com: Sean Connery, F. Murray Abraham, Anna Paquin, Robert Brown / Diretor: Gus Van Sant. História do recluso e excêntrico escritor William Forrester, que há 40 anos ganhou um prêmio Pulitzer, e depois, nunca mais ninguém ouviu falar dele. Agora, já veterano, ele passa os dias com sua máquina de escrever, olhando pela janela do bairro onde mora, até o dia em que um jovem negro de 16 anos entra em seu apartamento. Forrester lê as anotações do rapaz e fica impressionado. O escritor, então, convida o rapaz – que também é um excelente jogador de basquete – para voltar a sua casa, e propõe a ele, ser seu mentor, ajudando-o a desenvolver seu talento.
  18. Billy Elliot (2000), com Jamie Bell. Diretor: Stephen Daldry. A trama gira em torno de Billy Elliot, um garoto de 11 anos que, depois de assistir à uma aula de balé na academia onde treinava boxe, deseja tornar-se um bailarino, para desespero de seu pai, o mineiro Jack Elliot, que o proíbe de levar adiante essa idéia. Mas quando o garoto se inicia na dança – escondido da família – mostra um talento incontestável que logo chama a atenção da professora de dança. Ele fica dividido entre sua responsabilidade com a família, e seu grande desejo de seguir sua paixão pela dança.
  19. Duelo de Titãs (2000), com Denzel Washington. Diretor: Boaz Yakin. Ambientado na Virgínia em 1971, logo após a integração racial das escolas do Sul dos EUA, conta a história real de um técnico afro-americano contratado para trabalhar no comando de um time universitário dividido pelo racismo, os Titans, enquanto seu antecessor, um branco, fica como seu assistente.
  20. Homens de Honra (2000), com Robert de Niro. Diretor: George Tillman Jr.. Depois de entrar para a Marinha, Carl Brashear passa dois anos escrevendo uma centena de cartas antes que o serviço aceite sua inscrição para o programa na Escola de Mergulho. Acostumado a enfrentar adversidades e o racismo, encontra um obstáculo duro na figura do oficial Billy Sunday, seu  tirano instrutor de mergulho. Baseado em fatos reais.
  21. Duas Vidas (2000), com Bruce Willis. Diretor: Jon Turteltaub. Russ Duritz é um profissional bem sucedido que passou toda sua vida, incrivelmente inexpressiva, esquecendo o menino que foi – até que um dia se vê face a face com ele! Pensando se tratar de uma alucinação, Russ faz o possível para que ele desapareça. Ao invés de resolver seu problema, descobre que o garoto não é uma alucinação, mas ele mesmo, com 8 anos de idade. Duritz descobre que algumas coisas do seu passado foram perdidas e ele terá de reavê-las para encontrar a felicidade novamente.
  22. Um homem de família (2000), Com: Nicolas Cage. É véspera de Natal. Jack Campbell é um solteiro bem-sucedido de Wall Street, com dinheiro e uma boa vida. No dia seguinte, como num passe de mágica ou castigo, Jack acorda ao lado de Kate com dois filhos. Com relutância, passa a viver seu papel de marido, pai e vendedor de pneus e descobre outros valores ao lado de seu antigo amor. Jack faz a seguinte pergunta: O que teria sido de minha vida se tivesse feito outras escolhas? Um bom filme sobre o valor da família.
  23. Desafio do Destino (2002), com Dennis Quaid. Diretor: John Lee Hancock. O jogador de baseball Jim Morris (Dennis Quaid) sofre um acidente durante um jogo e é forçado a se aposentar mais cedo do que imaginava. Depois de viver mais de dez anos com a mágoa de não poder se tornar um jogador profissional, Jim passa a dar treinos. Acreditando na capacidade de seu técnico, o time faz uma proposta a Jim na qual ele poderá provar o quanto é bom nesse esporte. Inspirado numa história real.
  24. Clube do Imperador (2002), Atores: Kevin Kline Numa escola freqüentada pela elite americana, o professor idealista William Hundert enfrenta um aluno, o arrogante Sedgewick Bell, filho de um senador. Um excelente filme sobre a relação entre pais e filhos, professores e alunos, mostrando a influência de pais e professores na formação de caráter de seus filhos e alunos.
  25. Seabiscuit – Alma de Herói (2003), com Jeff Bridges. Diretor: Gary Ross. Esse filme é baseado no best-seller de não-ficção do mesmo nome, de autoria de Laura Hillenbrand. Conta a história de Seabiscuit, o cavalo puro-sangue azarão que sai da “rabeira” de uma corrida após a outra no final dos anos 30 para conquistar os corações nos EUA, no momento político da grande depressão na década de 30 norte-americana.
  26. Campeão (2003), com Geoffrey Rush. Diretor: Russell Mulcahy. O australiano Tony Fingleton sempre se ressentiu da atenção do pai ser totalmente dispensada ao irmão, irmão mais velho Junior, jogador de futebol. Então começa a treinar natação junto com o irmão mais novo John e os dois se revelam ótimos nadadores. Mas, à medida que Tony supera seus limites, o pai se torna frustrado por John não alcançar os méritos que o irmão mais velho consegue ao longo da carreira. Uma história de competição, disputa, valores e perseverança.
  27. O Sorriso de Monalisa (2003), Ator: Julia Roberts. Diretor: Mike Newell. Em 1953, quando o papel das mulheres era rigidamente definido, a professora de história da arte Katherine Watson começa a lecionar na famosa faculdade feminina Wellesley College, que apesar de sua reputação acadêmica é um ambiente onde o sucesso é medido pelo casamento das alunas. Encorajando estas mulheres a lutarem por um futuro melhor, Watson inspira suas alunas a considerar as possibilidades do que elas poderiam ser.
  28. Meu nome é rádio (2003), Ator: Cuba Gooding Jr. A história verídica de Robert “Rádio” Kennedy relata a jornada de um homem que não era compreendido até se tornar um treinador sem o qual ninguém poderia viver. O filme traz exemplos de superação e coragem que inspiram a todos os que buscam lutar pelo que acreditam.

Alguns outros filmes:

  • Rocky II: Olhos de Tigre.
  • Rudy.
  • Céu de Outubro.
  • Karatê Kid.
  • Ao Mestre com Carinho.
  • Patch Adams: O Amor é Contagioso.
  • Sociedade dos Poetas Mortos.
  • O Homem que Mudou o Jogo.
  • Curvas da Vida, com Clint Ewastwood.