As 4 Dicas de Ernest Hemingway para Escrever Bem

Todo concurseiro, em algum momento, se depara com a difícil tarefa de fazer uma redação ou uma prova dissertativa, mesmo que seja apenas como treino. Isso também acontece com homens de negócio que, não raro, têm de escrever relatórios, divulgar produtos.

Nos Estados Unidos é comum alguém dizer que não é um “Hemingway” ao serem questionados sobre sua técnica de leitura. Mas o que isso significa na verdade? Hemingway é um autor com estilo único de prosa poética na literatura. Entre suas principais características ele escolheu evitar o ofuscamento a fim de escrever de forma simples e clara.

Então, vamos ver o que Ernest pode nos ensinar sobre escrever:

  • Use frases curtas: o estilo de Hemingway vai direto ao ponto, minimalista e genial. Portanto, como o autor, inicie sua redação com parágrafos curtos e desenvolva seu raciocínio sem se tornar prolixo.
  • Escreva com vigor: transmita sua ideia com energia, deixe evidente o foco, a intenção.
  • Escreva positivamente: descreva o que as coisas são, e não o que elas não são. Não diga “não é muito caro”, diga “é econômico”. Ao invés de dizer que o software não tem erros, diga que ele é consistente, ou estável.
  • Saiba reconhecer os seus sucessos: publique os textos em que você acertar, e descarte (ou guarde para depois aprimorar) aqueles que não estão no nível de qualidade desejado.